A carregar...
Produtos

Empresa

HISTÓRIA

A ECONOMAX - Homero Vieira, iniciou a sua atividade em maio de 1998 tendo como parceiro de negócio a Firmo que está há 60 anos no mercado nacional e o grupo ANTALIS que é líder europeu na distribuição de papel e 2º a nível mundial.

A ANTALIS comprou a Firmo em 2000 por ser uma empresa estrategicamente bem colocada. Somos fabricantes de Pastas, cadernos e envelopes na nossa fábrica em Gaia que emprega cerca de 200 pessoas. Distribuímos por todo o País com um serviço personalizado.

Inovação e orientação para o cliente são as principais linhas de atuação da ECONOMAX - Homero Vieira. Inovação nos produtos, oferta, serviços e uma atitude de orientação para o cliente são concretizadas pela diversificação contínua de soluções à medida das necessidades de todos e de cada um, pessoas singulares, PMEs e grandes empresas.

 

MISSÃO
Sermos o outsourcing de economato para os nossos clientes.

VISÃO
Caminharmos para sermos reconhecidos como o fornecedor nacional mais capaz, procurando sempre as novas tecnologias, o respeito pelo meio ambiente e a Responsabilidade Social.

 

SERVIÇO

Com investimentos constantes na procura de novas soluções para os nossos clientes, temos uma plataforma e-commerce onde poderá fazer a sua encomenda confortavelmente no seu escritório ou em sua casa, com entregas em qualquer ponto de Portugal Continental, são mais de 15000 referências à sua disposição.

A nossa plataforma está preparada para o consumidor doméstico a pequena e media empresa ou a grande empresa que necessita de situações mais especificas como por exemplo: pré-aprovação de encomendas ou listas restritas de produtos para os seus centros de custo, oferecemos ainda a possibilidade aos nossos clientes de poderem imprimir as suas faturas diretamente, ter uma lista de favoritos por forma a dinamizar a produtividade e muito mais...

 

CEO

Homero Vieira

Formação:
Licenciatura em Gestão de Empresas na UAL
MBA na UAL
Pós-Graduação em International Business no ISEG
Pós-Graduação em Marketing Digital no IPAM

A nossa sugestão